Ipeúna agora é cidade turística

Postado em 30 de agosto de 2018

Polo de Agricultura Natural da Korin, na cidade de Ipeúna (SP)

Polo de Agricultura Natural da Korin, na cidade de Ipeúna (SP)

 

Capital da Agricultura Natural, Ipeúna é, desde 14 de agosto, integrante do grupo de Municípios de Interesse Turístico do Estado de São Paulo, nomeação consentida pela Secretaria de Turismo do Estado como cumprimento à lei n°464/2017.

O município, de 7 mil habitantes, pertence à Região Turística Serra de Itaqueri, formada, ao todo, por 13 cidades.

Ali, desde 1994, a Korin Agropecuária desenvolve atividades agrícolas, especialmente produção de frangos e ovos livres de antibióticos e orgânicos, além de fomentar pesquisas e tecnologias para a Agricultura Natural, com apoio e suporte do Centro de Pesquisa Mokiti Okada, hoje integrante da Korin Agricultura e Meio Ambiente.

Dessa forma, a Korin tornou-se a maior geradora de recursos da região, sendo este um dos fatores decisivos para que a cidade fosse nomeada, em 2015, como a Capital Nacional da Agricultura Natural. O método agrícola também é celebrado com grande festa na cidade, todo dia 05 de maio, com forte apoio das instituições messiânicas e da prefeitura.

Como parte da ação de difusão do método agrícola desenvolvido por Mokiti Okada no Japão no início do século XX, a prefeitura de Ipeúna e a Korin deram início a uma série de iniciativas para expandir o conhecimento e a prática da Agricultura Natural na região.

Dentre as principais ações estão a feira orgânica pública, a prática de horta nas praças municipais e o ensino de horta caseira nas escolas da cidade para crianças do ensino infantil e fundamental.

Além da expressividade no que diz respeito às práticas agrícolas livres de agrotóxicos e substâncias químicas com total respeito ao solo, ao produtor e ao meio ambiente (o que incentivou, em 2017, a aprovação da lei municipal que proíbe a pulverização de agrotóxicos nas lavouras de Ipeúna), a cidade também possui forte apelo turístico, atraindo, todos os meses, centenas de visitantes em busca de turismo ecológico e de aventura por meio da prática de esportes radicais e contato direto com a natureza.

Para ser nomeada Município de Interesse Turístico, Ipeúna passou por uma série de avaliações por parte da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, dentre as quais, pesquisas de campo com visitantes que passavam pela cidade, avaliação de estrutura de serviços médicos emergenciais, qualidade de estrutura de hospedagem e alimentação, serviços de informação turística, infraestrutura básica, formatação de plano diretor de turismo, formação de conselho municipal de turismo e atrativos turísticos.

Dessa forma, concluiu-se a “vocação expressiva” de Ipeúna para Turismo de Aventura, com as práticas esportivas de motocross, jipe, rapel e moutain bike e Turismo Rural, por ser a Capital da Agricultura Natural.

Segundo ainda a Secretaria de Turismo de São Paulo, Ipeúna se destaca no Ecoturismo, com suas grutas e cavernas, Parque Ecológico, Rio Cabeça e Rio Passa Cinco e no Turismo Cultural, graças a seus sítios arqueológicos e a tradicional cerveja de Ipeúna.

Atualmente, o estado de São Paulo conta com 51 municípios turísticos, dentre os quais encontram-se Agudos, Barretos, Brodowski, Guararema, Monte Alto, Sales, Santa Isabel, e Tatuí.

E você, já conhece Ipeúna? Não perca a oportunidade de visitar a Capital Nacional da Agricultura Natural e usufruir de seus inúmeros atrativos.