Korin Alimentos expande linha Boa Pedida com lançamento de novas opções práticas para facilitar o dia a dia na cozinha

em 20 de out de 2023

Referência no mercado de alimentos naturais e orgânicos, empresa amplia as opções saudáveis, como a salsicha de frango e cortes temperados, oferecendo praticidade e sabor aos consumidores

Mais quatro produtos da Korin Alimentos, referência no mercado de alimentos naturais e orgânicos no Brasil, acabam de chegar ao mercado. Agora, o portfólio da empresa passa a contar também com a salsicha de frango, meio frango, cortes congelados de frango temperados com condimentos naturais (coxinha e meio da asa) e cortes in natura para preparos especiais (filés de peito em cubos e em tiras). Todos os lançamentos fazem parte da linha Boa Pedida.

“São novas opções para ampliar nossa linha de produtos à base de frango (nosso carro chefe), sem uso de grãos transgênicos, antibióticos e anticoccidianos. Além da nutrição saudável, os produtos oferecem praticidade e muito sabor”, comenta Mariana Nagata, Diretora de Marketing e Novos Negócios da Korin Alimentos. “Todos os produtos lançados são certificados com o selo NAAU (Nenhum Antibiótico e Nenhum Anticoccidiano Utilizado) e com certificação de bem-estar animal. A produção da Korin também é benéfica ao meio ambiente, ao preservar os biomas e a vegetação nativa existente nos locais de criação, privilegiando o perfeito equilíbrio entre a saúde de todos os seres, a manifestação da força natural do solo, a prosperidade dos produtores e preservação de um meio ambiente rico e diverso”, complementa.

Novos Produtos

Salsicha de frango Boa Pedida

Preparada, essencialmente, com carne de frango Korin. Uma nova opção para quem consome salsicha e busca uma alimentação mais equilibrada. A Salsicha de Frango Korin é produzida sem uso de corantes e outros ingredientes artificiais que, se consumidos em excesso, podem desencadear alergias, lesões de pele, coceiras, inchaços, entre outros. O produto chega na versão congelada, o que permite um maior tempo de armazenagem e consumo. Para que o produto mantenha a qualidade e sabor nas refeições e lanches, a Korin utiliza um conservante natural, o lactato de sódio, que controla a carga microbiana, sem alterar as propriedades originais dos produtos. Tal escolha ajuda a reduzir o uso de nitratos e nitritos que, se consumidos em excesso, podem ser prejudiciais à saúde. Em pacotes de 240 g, com 03 unidades.

Meio Frango Boa Pedida

O meio frango Boa Pedida Korin é produzido a partir do tradicional frango Korin sem o uso de antibióticos, anticoccidianos e sem uso de grãos transgênicos. Praticidade para famílias pequenas e público que consome porções menores. Seguindo tendências do setor de alimentos, as embalagens menores evitam sobras e desperdícios.  Produto com peso variável.

Cortes temperados e congelados de frango (coxinha e meio da asa)

Práticos, saborosos e com a qualidade de origem Korin. Disponíveis nas versões coxinha das asas e meio das asas, ideal para pratos saudáveis de preparo simples e rápido (do pacote para a panela). O produto é temperado somente com condimentos naturais e é congelado individualmente, a partir da tecnologia IQF (Individually Quick Frozen ou Congelamento Rápido Individualizado), que permite que os cortes sejam congelados mantendo sua forma, textura e sabor. O produto chega ao consumidor em pacotes de 700g.

Cortes Congelados de Frango In Natura (Filé de Peito em Cubos e em Tiras)

Pensando na praticidade do dia a dia, a Korin lança os cortes de frango congelados Boa Pedida, nas versões em cubos e tiras, perfeitos para os mais variados pratos e preparos, como estrogonofes, refogados ou picadinhos. O produto chega ao consumidor em pacotes de 700g.

Selo NAAU

O selo NAAU (Nenhum Antibiótico e Nenhum Anticoccidiano Utilizado), presente, exclusivamente, nas embalagens de frangos e ovos das linhas Boa Pedida e Orgânico Korin, atesta que os  produtos são isentos de substâncias sintéticas como antibióticos e anticoccidianos, na criação das aves. É um projeto pioneiro de cooperação técnica da Korin Alimentos, da AVAL (Associação da Avicultura Alternativa) e do CPMO (Centro de Pesquisaa Mokiti Okada).

TEXTO COMUNICAÇÃO CORPORATIVA

Veja também