Programa Nacional de Bioinsumos é aprovado no Brasil

Postado em 28 de maio de 2020

O método da Agricultura Natural preconizado no século XX por Mokiti Okada (Japão, 1882-1955) e todos os seus praticantes, dentre os quais o Grupo Korin, comemoraram na última quarta-feira, 27 de maio, mais uma conquista importante rumo à eliminação do uso de agrotóxicos no Brasil, com a aprovação do Programa Nacional de Bioinsumos pelo Ministério da Agricultura.

O projeto, que já tramita há vários anos, posiciona o Brasil dentre os países que consideram o uso de insumos naturais e biológicos também para a agricultura convencional, onde destaca- se a produção de insumos da Linha FertiBokashi e da Linha EMbiotic da Korin Agricultura e Meio Ambiente como importantes ferramentas para a obtenção de produções em linha com os ideias da sustentabilidade reduzindo e eliminando o uso de fertilizantes químicos e agrotóxicos.

A conquista se deve, graças, principalmente, aos movimentos ligados à agricultura orgânica representados na CTAO – Câmara temática de agricultura orgânica, grupo ligado ao MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) que tem como presidente o diretor superintendente da Korin Agricultura e Meio Ambiente, Dr. Luiz Carlos Demattê Filho e na comissão de membros, o diretor da Korin Agropecuária, Reginaldo Morikawa, que também presidiu a entidade em anos passados.

“Parabéns ao Grupo Korin, Igreja Messiânica Mundial do Brasil e Fundação Mokiti Okada pelo trabalho de base realizado junto ao governo para a consolidação desse importante projeto que irá possibilitar a redução de milhares de litros de agrotóxicos e adubos químicos nos solos, no ar e nas águas do Brasil”, enfatiza o diretor da Korin, Reginaldo Morikawa.