Duas combinações nutritivas para dar apoio à imunidade nos dias frios que começam em maio.

por professora Dra. Roberta Lara

Favo de mel. Imagem Freepik

A estação mais fria do ano está chegando, e nesse mês de maio já conseguimos observar uma mudança climática expressiva. Esse período aumenta a susceptibilidade de desenvolvimento de infecções respiratórias, gripes e resfriados, uma vez que podemos observar uma alteração na imunidade.

Sendo assim, a nutrição integrada é parte essencial do cuidado com o corpo nesses dias, uma vez que nosso sistema imunológico depende de fatores nutricionais, nutrientes e outros componentes importantes para desempenhar suas funções. E para garantir essa nutrição, a escolha de alimentos com propriedades terapêuticas se torna um hábito efetivo na rotina.

favo de mel

O poder do mel associado à própolis para a imunidade

O mel é processado pela abelha e reconhecido mundialmente devido aos seus altos componentes nutritivos. Os componentes ativos do mel, como glicose, frutose, flavonóides, polifenóis e ácidos orgânicos, desempenham um papel importante para manter sua qualidade sensorial e suas propriedades à saúde. O mel é produzido em muitos países do mundo e é reconhecido como um importante recurso natural terapêutico para diferentes aplicações, inclusive no reforço da imunidade.

Já a própolis é geralmente conhecida como “cola de abelha”, por ser uma substância resinosa acumulada pelas abelhas de diferentes tipos de plantas. Ela funciona na vedação de buracos e rachaduras e na reconstrução da colmeia. A própolis e seus extratos possuem aplicações no tratamento de diversas doenças devido às suas propriedades antissépticas, anti-inflamatórias, antioxidantes, antibacterianas, antimicóticas, antifúngicas, antiúlcera, anticancerígenas e imunomoduladoras.

A inflamação crônica é um processo que pode gerar desequilíbrios nas respostas imunológicas frente à patógenos. O mel, com suas propriedades nutritivas, pode reduzir a resposta inflamatória, devido à concentração de fenólicos e flavonoides, compostos que causam a supressão das atividades pró-inflamatórias da ciclooxigenase-2 (COX-2). Além disso, esse composto, associado à própolis, pode aumentar o nível de linfócitos T e B, anticorpos, eosinófilos, neutrófilos, monócitos, e geração de células natural killer durante as respostas imunes primárias e secundárias.

Uma revisão feita por Al-Hariri (2019) mostrou que a própolis é um agente complementar e alternativo que pode atuar no fortalecimento do sistema imunológico, sobretudo quando a resposta imune não é suficiente para controlar uma infecção ou condição patológica específica.

A associação do mel com a própolis mostra-se eficaz para promover um efeito positivo na imunidade adaptativa e inata, dentro de um padrão alimentar equilibrado.

Extrato de mel e própolis Orgânico Korin

O Composto de Mel e Extrato de Própolis Korin é um alimento Orgânico com de alta qualidade e rico em carboidratos naturais. A união dos ingredientes potencializa os benefícios, promovendo vigor ao organismo e ao sistema imunológico. Além disso, o produto é rico em vitaminas, minerais, antioxidantes, bioflavonoides, compostos fenólicos, uma composição efetiva para atuar como imunomoduladora.

As características naturais do mel orgânico e do extrato de própolis Korin são preservadas, com seu sabor e padrão de qualidade. Esse produto também é encontrado na versão spray, com o refrescante sabor da hortelã.

REFERÊNCIAS

Samarghandian, S., Farkhondeh, T., & Samini, F. (2017). Mel e Saúde: Uma Revisão de Pesquisas Clínicas Recentes. Pesquisa de farmacognosia, 9 (2), 121-127.

Al-Hariri, Mohammed. Agente de reforço imunológico: potenciais de imunomodulação da própolis. Revista de medicina de família e comunidade vol. 26,1 (2019): 57-60.