Maio Roxo e o combate à inflamação intestinal

em 21 de maio de 2024

Você sabe o que é inflamação intestinal? E como o consumo de alguns alimentos podem piorar ou melhorar quadros assim?

por Karen Longo (Consultora em Nutrição Korin)

No mês de maio, em todo o mundo, é realizada a campanha Maio Roxo, a fim de divulgar e conscientizar a população sobre Doenças Inflamatórias Intestinais (DII).

DII é um grupo de doenças inflamatórias do trato digestivo, de caráter imunológico, ou seja, acontece quando o organismo produz anticorpos que atuam contra o próprio intestino, gerando uma inflamação crônica no trato digestivo.

As doenças inflamatórias intestinais mais comuns são:

  • Doença de Crohn – que inflama o revestimento do trato digestivo, podendo muitas vezes envolver as camadas mais profundas do intestino;
  • Retocolite Ulcerativa – que além da inflamação causa também feridas ao longo do revestimento superficial do intestino grosso (cólon) e do reto;

Alguns sintomas comuns de inflamação intestinal em fase aguda podem aparecer:

  • Diarreia
  • Cólica
  • Dor abdominal
  • Perda do apetite
  • Gases em excesso
  • Náusea e vômito

 

Como deve ser a alimentação em um tratamento de doença inflamatória intestinal?

 Uma vez que a doença inflamatória já estiver presente, alguns cuidados que devem ser tomados com a alimentação para auxiliar no tratamento e recuperação:

  • Consumir proteínas magras como frango e peixe, de fácil digestão
  • Consumir frutas de cor avermelhada e suco de folhas de coloração verde escura (como a couve) serão importantes para proteção antioxidante e anti-inflamatória do tecido intestinal
  • Consumir gorduras boas como azeite de oliva extravirgem
  • Evitar alguns tipos de gordura como: manteiga, gordura trans., gordura hidrogenada
  • Evitar leite e derivados (independente de serem isentos de lactose)
  • Evitar preparações com glúten (presente em farinha de trigo)
  • Evitar alimentos fermentativos como grãos de leguminosas, cebola, alho e principalmente, açúcar
  • Não consumir bebida alcoólica

 

O trato gastrointestinal é um sistema complexo que responde de forma muito sensível à exposição do meio externo, através da alimentação e também a fatores emocionais, capazes de desequilibrar a integridade do seu funcionamento.

Por isso o cuidado constante com a alimentação, a fim de deixar esse sistema forte e resiliente, é a melhor maneira de prevenir alterações.

 

Como prevenção , para manter uma boa saúde intestinal e evitar que uma doença inflamatória se manifeste, é importante ter alguns cuidados constantes, como:

 Hidratar-se adequadamente e frequentemente

  • Não ficar muito tempo em jejum
  • Consumir frequentemente alimentos ricos em fibras como verduras, legumes, frutas, cereais integrais, grãos de leguminosas
  • Consumir boas gorduras, provindas de: azeite de oliva, abacate, linhaça, chia e castanhas
  • Evitar alimentos ultraprocessados, com conservantes e corantes artificiais
  • Evitar bebidas alcoólicas
  • Evitar alimentos acondicionados de maneira inadequada – isto é, expostos ao ambiente por longos períodos ou que não foram conservados como orientado pelo fabricante
  • Priorizar alimentos de cultivo e produção orgânica, para evitar exposição do tecido intestinal a produtos tóxicos, que estimulam o sistema imunológico de forma exacerbada, podendo desencadear doenças autoimunes.

 

Experimente também: